BUILDBOT Blog

Mais um projeto de baratas robôs para salvar o mundo

barata-robô

As baratas já foram identificadas como uma das espécies mais resistente aos mais variados tipos de desastres que podem acontecer no mundo. Desde catástrofes naturais até acidentes atômicos, elas podem resistir a quase tudo, de forma surpreendente, passando um mês sem alimentação e até semanas vivas, mesmo após perderem a cabeça.

 

Baseados nisso, cientistas sempre desenvolvem modelos de baratas robôs que possam ser úteis à humanidade nas mais diversas situações. Já foram apresentados a Roboroach, a VelociRoach e muitos outros projetos. A novidade mais recente agora é o projeto das baratas robôs gigantes.

 

 

Inspirando-se no comportamento dos insetos, a equipe do pesquisador Chen Li, da Universidade da Califórnia, em Berkeley, começou a estudar os insetos, filmando seus movimentos, especialmente em espaços densos e desordenados e coletou dados importantes para desenvolver novas habilidades nos robôs.

 

Parte do estudo se baseou em ambientes da selva na Flórida, Caribe, Jamaica, Porto Rico e Cuba e ajudou na descoberta da importância e utilidade do formato corporal das baratas, com seus corpos com uma estrutura semelhante a uma concha

 

Eles aprofundaram os estudos e começaram a desenvolver baratas robôs com formato elipsoidal arredondado, conseguindo habilidade para deslizar em espaços apertados, permitindo ao robô, o acesso em terrenos desconhecidos e arriscados, podendo ser úteis em situações como nos casos de operações de resgate.

 

Com esta mudança na estrutura das baratas robôs, além de conseguirem identificar os obstáculos, também será possível que os robôs aprimorem suas habilidades, se tornando aptos para ultrapassarem estes obstáculos.

 

Ficou curioso sobre o modelo e o desenvolvimento desta pesquisa? Você pode assistir ao vídeo abaixo, para entender melhor a inspiração dos cientistas e os benefícios conquistados com esta mudança na aplicação da estrutura dos robôs.

 

 

Para maiores informações sobre os detalhes do projeto, é possível acessar as informações da pesquisa na publicação junto a revista Bioinspiration & Biomimetics.

 

 

 

 

Category: Notícias

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*