BUILDBOT Blog

Com novos investidores, hoverbikes ganham força

malloy-hoverbike-02-1406108718373Em 2011 o Neozelandês Chris Malloy construiu um hoverbike, que basicamente é uma moto com as rodas viradas horizontalmente e substituídas por grandes ventiladores.

Desde o primeiro protótipo, Malloy mudou o design de um bi-helicóptero para um quadcóptero, simplificando assim o controle e outros sistemas necessários para um veículo de duas rodas.

No começo desse ano a Aerofex, iniciou as vendas de seus hoverbikes mas a entrega será realizada somente em 2017 e outra empresa com sede no Reino Unido, lançou um plano de construção de seus  hoverbikes em larga escala e vem arrecadando dinheiro de investidores privados.

Continue lendo

Paraquedas, como não pensaram nisso antes ?

dropsafe_safetypinOs drones vem sendo a cada dia mais aprimorados, discute-se até a criação de uma regulamentação própria afim de evitar danos causados por possíveis quedas.

A fabricante de drones DJI Innovations apresentou um sistema de paraquedas implantado diretamente no drone proporcinando em casos de energência uma queda suave ao chegar no solo, disparado por um canal independente do controle RC o sistema é protegido e possui uma bateria reserva no caso da principal falhar, quando acionado a potência do motor é automaticamente cortada.

Continue lendo

Robô humanóide ajuda na recuperação de crianças com deficiências cognitivas.

robot_angry_birdsEstudo realizado pela Georgia Tech mostrou que quando uma criança ensina um robô a jogar Angry Birds ela se envolve por longos períodos, uma descoberta que pode ajudar a reabilitação de crianças com deficiência cognitiva e motora.

Um pequeno robô humanoide foi emparelhado com um tablet Android, programado para obrservar os movimentos das crianças e apresentar reações realistas para a evolução do jogo, como balançar a cabeça e dançar quando acerta um alvo.

Continue lendo

Colheita robotizada

robot-pepper2-1405606127501Existem motivos para que a automação da colheita de frutos e vegetais em escala industrial ainda não tenha entrado em prática, algumas culturas tem requisitos rigorosos na colheita e maturação.

O projeto CROPS vem desenvolver know-how científico para uma plataforma transportadora altamente configurável e modular, que inclui manipuladores paralelos e ferramentas inteligentes (sensores, algoritmos, pulverizadores e pinças) fáceis de serem instaladas e pode se adaptar a novas tarefas e condições.

Continue lendo

NASA cria concurso para analisar projetos de UAVs

14-190-1_0-1404954520658O Global Hawk UAV, usado para monitoramento ambiental, possuem longo alcance e resistência mas so podem ficar cerca de 28 horas em um trecho. Pensando no que pode ser melhorado, a Nasa publicou o resultado de um concurso que analisou conceitos de resistência para sistemas aéreos não tripulados.

Para a previsão de tempestades e de seu crescimento é necessário que por vários dias as medições sejam ininterruptas, os sistemas utilizados atualmente tem uma autonomia de vôo limitada a 24 horas por decolagem.

Os critérios para o desenvolvimento do projeto foram que o sistema da equipe deveria dar cobertura aérea persistente durante 5 meses em uma área do oceano atlântico, costa leste da África, onde pressões tropicais podem formar furacões, depois desse período o sistema deve voar sem parada por pelo menos 7 dias.

A equipe vencedora foi da Virginia Tech, com um sistema composto por duas aeronaves separadas e projetadas se substituirem no monitoramente a cada 7 dias, assim podem fornecer vigilância contínua, o custo produção e monitoramento seria de quase 200 milhões de dólares.

O segundo lugar ficou com Purdue OQ451-5 Trident, equipado que utilizou motores de hidrogênio e tem 7 dias de autonomia, seus custo por vôo é de US$ 17.000 por hora, mais de 388.000 mil dólares para produção e operação.

A universidade de Virginia ficou com o terceiro lugar com o projeto The Big Wahoo, alimentado por hidrogênio e com custo de 493,7 milhões  de dólares  ao longo de sua vida operacional de 15 anos.

O concurso foi apenas uma forma de adquirir novas ideias, nenhum dos vencedores tera seu projeto contruído, são apenas conceitos de design que mostraram aos alunos  quanto custaria para contruir e apoiar o design até o final de suas vidas.

Técnica humana ajuda robô a andar por terrenos acidentados

supraped-1404880404714Pesquisadores da Stanford apresentaram detalhes sobre simulação de robô humanoide capaz de andar por terrenos acidentados utilizando Trekking Poles, assim como também usamos em caminhadas.

Andar sobre duas pernas não é uma tarefa muito fácil para um robô, exige capacidade física e equilíbrio, mas também conciência para saber onde os pés devem ser colocados, prática vista na Trials desafio DARPA Challenger, a simulação sugere o uso de trekking poles equipados com sensores de pressão assim o robô pode distribuir de forma mais eficiênte seu peso e manter o equilibrio.

Continue lendo

Robôs Interagindo on-line com Humanos

Robot_1_hr2-1404297418591Na Universidade de Washington, cientistas da computação tem pesquisado o uso das comunidades crowdsourcing como uma maneira rápida e eficaz de ensinar robôs a concluir tarefas.

O resultado da pesquisa foi apresentado na Conferência Internacional de Robótica e automação de 2014 em Hong Kong, basicamente o robô pode aprender consultando comunidades on-line e pedindo instruções á várias pessoas ao invés de aprender apenas com uma.

Os robôs exigem uma grande quantidade de dados para a contrução de modelos precisos de uma tarefa, quanto maior for a disponibilidade de dados, mais perfeito e eficiênte será a construção do modelo.

Continue lendo

Veículo caça-minas

2dceae31-f3d9-44b8-8f33-fa2af46ecda8-1404228707011A Oshkosh Defense desenvolveu um veiculo não tripulado caçador de minas, é um veículo militar comum equipado com um rolo, radar e sistemas inteligentes para abrir frente aos comboios sem a necessidade de um motorista humano.

Batizado de Terramax atua como olheiro para veículos militares, localiza e detona minas ou engenhos explosivos, possui um sistema de multi- sensores que combinados com técnicas de registro fornecem estimativas de posicionamento sem a necessidade de acompanhamento contínuo de sinais de GPS.

Continue lendo