BUILDBOT Blog

Robô trapaceiro

Ishikawa Komuro Lab

Competições entre humanos e robôs sempre são interessantes e normalmente os robôs vencem. É fato que ainda mantemos a vantagem em algumas áreas, como o reconhecimento de padrões, mas, graças à lei de Moore, a capacidade de processamento artificial evolui muito mais rápido do que a biologica e logo nossa vantagem de milhares de anos será alcançada.

O Ishikawa Komuro Lab desenvolveu um algoritmo que capacita um robô realizar algo exclusivamente humano, trapacear no jogo Joquempô. Dotado de uma câmera de alta velocidade antecipa a jogada do seu oponente e faz o gesto correto, ganhando 100% das jogadas.

Continue lendo

Como seu robô vai se mover ?

… “A seleção natural é um processo pelo qual características hereditárias que contribuem para a sobrevivência se tornam mais comuns numa população, enquanto que características prejudiciais tornam-se mais raras” … (Wikipedia: Evolução)

Esse processo levou ao surgimento de várias formas de locomoção, cada qual adaptada a um ambiente obtendo assim maior agilidade, mobilidade ou resistência.

Alguns robôs não necessitam se locomover, mas temos que concordar que os mais divertidos e intrigantes são os que o fazem e não existe melhor inspiração do que observar o que a natureza já fez.

A natureza se limitou a pernas (ou patas), asas, nadadeiras, ondulações (e.g cobra) ou alguma variação dos mesmos, mas quando vamos personalizar nosso robô, as possibilidades são ilimitadas, as mais comuns são: rodas, esteiras, pernas, voo e propulsão.

Esse artigo aborda as vantagens e desvantagens de cada método, para que dessa forma você possa escolher o que melhor atender seu robô e o ambiente operacional.

Continue lendo